sexta-feira, 23 de outubro de 2009

O Romance de Diogo Soares, de Fausto Bordalo Dias

Chego a arrepiar-me de extremo contentamento, porque hoje vou ver o Fausto ao vivo e a cores em concerto! Não sou pessoa de fanatismos ou de grandes idolatrias... Mas o Fausto.... a música, a voz, a poesia... extasia-me, extravasa-me e posso dizer que admiro muito, mas mesmo muito o trabalho dele! E até é curioso, porque havendo muitas e boas razões para esta minha admiração, eu sinto-a como mais inexplicável do que racional, mais mágica do que técnica! Deixo um dos meus temas preferidos... Porque é um dos meus preferidos!? A verdade é que não sei... E quanto menos sei, mais gosto...

1 comentários:

tcheka disse...

Sou fascinado por esta música desde que me conheço... Não sei, imaginava-me "o homem dos olhares fatais", um certo quê de coisa sem retorno, valente e irrequieto. Tantas vezes ponho o "Por este rio acima" só para ouvir este romance.
Os 3 Cantos são uma oportunidade! Algo que me orgulho de ter ido ver, por saber aquelas sensações, assim sentidas, irrepetíveis - vale tanto a pena...